7180UNIDADE TERMINAL REMOTA DE DISTRIBUIÇÃO UTR STD-71807180

APLICAÇÕES

  • Supervisão, controle e automação de chaves seccionadoras;
  • Supervisão, controle e automação de religadores.

 

 

 

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

  • 16 entradas digitais: permitem a monitoração dos contatos de posição da chave e outros pontos digitais, tais como indicações de falha e porta da caixa de comando aberta. A própria UTR fornece a tensão isolada para “molhar os contatos”;
  • 08 saídas de comando em contato seco: permitem o controle da abertura e do fechamento da chave dentre outras funções, tais como bloqueio/desbloqueio de relé de religamento;
  • 04 entradas de corrente e 06 entradas de tensão que podem ser conectadas diretamente aos sensores de corrente e de tensão disponíveis na chave: permitem monitorar as correntes nas três fases e neutro, monitorar as tensões nas três fases da chave, calcular potências ativa e reativa, fator de potência, frequência, energias ativa e reativa e detectar faltas;

  • 04 entradas analógicas em corrente (4 a 20mA): permitem monitorar sensores e transdutores (opcional);
  • 08 medidas internas de auto-monitoração: fornecem as informações de temperatura interna, corrente consumida pela UTR e pelo rádio (corrente instantânea e média), tensão de entrada e tensões de alimentação internas;

  • Pontos de indicação digital de monitoração interna: geram sinalização digital e registro de Sequência de Eventos para alarmes internos de temperatura e desvio das tensões internas;
  • Geração de registros de Sequência de Eventos com resolução de 2ms;
  • Portas de comunicação: 
    • 01 porta serial padrão RS232 para configuração, carga de programas e monitoração;
    • 01 porta serial padrão RS232 para uso de rádio digital, satélite ou celular;
    • 01 porta serial padrão RS485 para comunicação com IEDs. Esta porta opera em modo mestre com os protocolos DNP3.0 ou MODBUS RTU;
    • 01 porta serial padrão Fibra Óptica Multimodo de uso geral, que pode ser configurada em modo escravo para comunicação com equipamento concentrador ou em modo mestre para comunicação com IEDs. Esta porta suporta o protocolo DNP3.0 nos modos mestre e escravo e o protocolo MODBUS RTU no modo mestre.

OUTRAS INFORMAÇÕES

  • Configuração por meio de programa em ambiente Windows com opções de download, upload e monitoração em tempo real;
  • Programação de Lógicas e Automatismos por meio de Texto Estruturado;
  • Alimentação em 110/127VCA ou 220/230VCA, com módulo de proteção contra surtos;
  • Sistema de alimentação ininterrupto por meio de bateria selada;
  • Temperatura de operação: -10 a +70°C.

end faq

    Acesso Restrito